Você está vendo os artigos na categoria “Peru”

Bolívia, Peru e Chile – roteiro planejado

1 maio 2011

Após conhecer Los Roques e Buenos Aires, sigo com viagens pelos países hermanos.  A vez agora é de Peru, Bolívia e Chile.  Viagem de aproximadamente 30 dias por lugares com paisagens deslumbrantes. Dentre as quais destaco Machu Pichu, o Salar de Uyuni e o Deserto do Atacama. Com certeza, mais uma viagem inesquecível, positivamente falando.

Já havia pensado neste roteiro no começo do ano passado. Tenho vários rascunhos de rotas, hospedagem e dicas. No decorrer do tempo, passei a ficar mais encantada com a possibilidade de conhecer a neve em viagem de férias no Chile e na Argentina. Planos adiados.

Como o meu orçamento este ano não é um dos maiores (e por causa disso desisti de uma viagem à Grécia e Turquia) e como não abro mão de uma viagem preferencialmente longa, desengavetei o projeto Peru, Bolívia e Chile.

O mais difícil é definir o roteiro. São mil e uma possibilidades. Passei a fuçar o Mochileiros.com de cabo a rabo. Tem informações valorosas sobre o Peru e a Bolívia. Lá eu descobri que Machu Pichu é o destino mais visitado da América do Sul. Descobri que Peru não é só Machu Pichu e que a Bolívia tem uma paisagem incrível de um deserto de sal chamado Salar de Uyuni. E que este salar estava próximo do Deserto de Atacama, no Chile. Como uní-los em uma única viagem?

O roteiro circular: unindo as estrelas da viagem

Baseado em relatos de outras pessoas que fizeram o percurso parecido com aquele pretendido por mim, o  roteiro escolhido foi este:

  • Santa Cruz de La Sierra – só de passagem;
  • La Paz – 4 dias;
  • Copacabana – 1 dia;
  • Isla del Sol – 1 dia;
  • Puno – só de passagem;
  • Cusco – 3 dias;
  • Águas Calientes – 1 ou 2 dias;
  • Lima – 2 ou 3 dias;
  • Ica (Huacachina) – 2 dias;
  • Arequipa – 3 ou 4 dias;
  • Tacna – só de passagem;
  • Arica – 1 dia;
  • San Pedro do Atacama – 3 ou 4 dias e mais os 3 dias do Salar de Uyuni;
  • Uyuni – só de passagem ou 1 dia;
  • Potosí – 1 dia;
  • Sucre – 1 dia;
  • Santa Cruz.

Com as informações obtidas no Mochileiros.com, principalmente através dos Relatos de Viagens, descobri que o roteiro clássico dos mochilões é chegar a Machu Pichu via Bolívia. A fronteiro fica a 15 minutos de Copacabana, na Bolívia.  Já a fronteira Peru-Chile estava entre as cidades de Tacna de Arica. Tacna está a apenas 7 horas de Arequipa.  Arica está a uma viagem de ônibus de San Pedro do Atacaman. Pronto, meu roteiro estava começando a tomar forma! A única dúvida que persistia era se começaria por Lima ou por Santa Cruz.  A diferença dos valores nas passagens aéreas fez eu bater o martelo.

O sentido escolhido foi Santa Cruz > La Paz, deixando o deserto de Atacama e o Salar de Uyuni por último, como se fosse os pontos mais altos da viagem (eu acredito piamente nisso) e também para aproveitar o câmbio forte do dólar frente ao peso boliviano e comprar roupas de frio em La Paz, visto que vamos nos meses de maio e junho.

Documentos

Para quem está planejando a viagem para estes países, saiba que  basta a a apenas com a identidade original. Agora, tenha o cuidado de levar o RG atual e não com a foto sua de quando era criancinha.  Ah e não perca jamais o papel de imigração pois será exigido na saída do país.  Guarde-o como se fosse ouro!

Eu levarei o passaporte.  Eu adoro colecionar carimbos e quero muito ter o de Machu Pichu no meu passaporte.

Leia mais sobre documentos de entrada na América do Sul em http://www.viajenaviagem.com/2011/01/america-do-sul-rg-ou-passaporte/

Dinheiro

Estou levando cerca de USD 1.000 (mil dólares americanos)  além do meu cartão de crédito/débito para emergências.  Acho que é o suficiente. Li que no Peru e na Bolívia, a cotação é diferente para moedas menores.  Estou levando alguns dólares trocados e notas de 100.  Também me preocupei em ver se não tinha notas de dólares da série CB.  Não são aceitas nestes países.

As moedas são:

Bolívia: Peso Boliviano (BOB)
Peru:  Nuevo Sol (PEN)
Chile:  Peso Chileno (CLP)

A ordem de custo de vida para os países é (do mais barato para o mais caro): Bolívia, Peru e Chile. Sendo que o Chile é tão caro quanto o Brasil, para termos uma idéia.

Como saber a cotação? Novamente sem querer fazer propaganda mas já fazendo, leia a seção Relatos de Viagens na América do Sul do site Mochileiros.com.

Deslocamentos

Se for considerar só os deslocamentos, a viagem parece ser bem cansativa ainda mais levando em consideração que já não temos mais quinze anos.  Chegaremos por Santa Cruz de La Sierra e de lá economizaremos bastantes horas de viagem de ônibus pegando um voo da Boa ou da Aerosur para La Paz.  Até chegarmos a Cusco, todas as viagens serão de ônibus. Ainda não sei dizer se estou preparada para as longas horas dentro de um ônibus.  De Cusco, pegaremos um voo para Lima e só voltaremos a pegar mais um trecho aéreo já na volta para Santa Cruz, saindo de Sucre.

Hospedagem

Apenas reservei o hotel em La Paz: Hotel Cordillera Real. Esta dica recebi de um rapaz no fórum Mochileiros.com.  O restante será escolhido quando chegarmos nos locais.  Espero que dê tudo certo pois será a primeira viagem que faço isso. Eu levarei uma lista de hotéis indicados.

O roteiro detalhado

Eis o roteiro detalhado das férias deste ano.  Eu tenho paixões por planilhas.  Uso e abuso delas para planejar minhas viagens. Geralmente, eu monto o roteiro sempre considerando o dia, a data, o dia da semana, o país, a cidade e o que eu pretendo fazer naquela data.

No próximo post, escrevo com detalhes sobre os passeios que pretendo fazer nestes destinos.

Veja outros roteiros pelos três países no Menu Roteiros/Bolívia, Peru e Chile ou vá direto no link http://www.omundoaosmeuspes.com.br/bolivia-chile-e-peru-sugestao-de-roteiros/

O roteiro realizado da viagem está neste post:http://www.omundoaosmeuspes.com.br/bolivia-peru-e-chile-roteiro-realizado/


Página 4 de 4 1234