Milos – o resumo

27 janeiro 2013

 

Assim como Mykonos e Santorini, Milos faz parte das ilhas Cíclades, que são as ilhas que fazem um círculo em volta da ilha sagrada de Delos.  A estátua “Vênus de Milo” , que atualmente está exposta no Museu do Louvre, foi encontrada na ilha por um camponês. A grande atração de Milos são suas belas praias, que tem a vantagem de serem bem menos frequentadas do que  as ilhas cíclades mais famosas.  É um bom destino para casais que querem sossego e dependendo da época que forem, uma praia para chamar de sua. Em um dia inteiro, consegue-se conhecer as melhores praias mas recomendo ficar pelos menos dois, se quiserem descanso e curtir uma praia com mais calma ou ainda fazer um passeio de barco.

Como chegar em Milos

Há dois modos de chegar: ferry ou avião. De ferry, Milos está a 3h de Atenas  e a 2h30min de Santorini. O nome do porto da ilha é Adamas. De avião, está a 45 minutos de Atenas.

Observações

  • Lembre-se que terá que chegar antes ao aeroporto e que há as restrições quanto ao limite de peso da bagagem. O avião que vai para as ilhas é bem menor do que o que estamos acostumados.
  • Caso escolha o ferry, lembre-se de chegar uma hora antes da horário previsto para a partida.

Conhecendo Milos

Não há transporte público. Então, de posse da CNH, passaporte e cartão de crédito internacional, alugue um carro ou quadriciclo. Depois, passe em um mercado ou padaria e compre algum lanchinho. A maioria das praias são desertas se bater uma fome, terá que rodar um pouco até achar um lugar que tenha infraestrutura. Ah, sempre pergunte na agência com quantos litros é possível rodar a ilha. Assim, evita-se desperdício.

Como são muitas praias e tempo de menos, uma boa estratégia é tirar um tempo para visitar cada praia e depois lagartear na que achar melhor.

Firopotamos, Mandrakia, Sarakiniko, Papafragas e Pollonia

Os destaques são Sarakiniko e Papafragas.  Sarakiniko é uma praia de pasagem lunar, muito diferente e muito bonita. É um dos passeios “imperdíveis” da ilha. Já Papafragas (11), é um lugar lindo recomendado para banho e fazer um snorkel. Mandrakia (2) é praia para contemplação e pesca e Pollonia (4), local de pescadores, pode ser ponto de parada para almoço.

Hivadolimi, Firiplaka, Tsigrado e Paleohori

As melhores praias são Hivadolimi, Firiplaka e Tsigrado. O acesso à praia de Tsigrado é um pouco escondido. Só na segunda vez no local e mesmo assim só depois de ler o relato de viagem do Blog Próximos Destinos é que percebemos que  para chegar até a praia, você deve procurar uma fenda.  Lá tem uma corda onde os banhistas descem para finalmente chegar à Tsigrado.  Descobrimos Hivadolimi sem querer no meio da estrada pois não há uma sinalização evidente. Não havia ninguém na praia. Quanto a Paleohori, apesar de ter infraestrutura, não tem a mesma beleza das outras, talvez porque a areia tem origem vulcânica.

Plaka

Uma sugestão dos donos da pousada foi passar à tarde no bairro de Plaka e assistir o pôr-do-sol de lá. Plaka fica no alto de um morro, é um bairro que tem o seu charme com as casas brancas, as buganvílias e cafés e restaurantes que deixam suas mesas e cadeiras ao longo dos becos. Além do mirante logo atrás da igreja que só nos deixa curiosos em conhecer a praia com aquela tonalidade de azul ao fundo.


Passeios de barco em Milos

O outro lado da ilha é acessível de barco. Dá para fechar os passeios diretamente no porto ou caso haja disponibilidade, no seu hotel. O passeio de barco mais conhecido é o que leva para Kleftiko. Infelizmente, não fizemos. Veja as fotos no site Panoramio [http://www.panoramio.com/photo/37859859]  e avalie se não vale a pena conhecer. 😉

Um pouco de História

Milos tem alguns museus que ajudam a contar um pouco de sua história como o Arqueológico e o museu do Folclores. Além dos museus, há algumas ruínas em Milos que podem ser visitadas como as catacumbas cristãs.
Saiba mais sobre a história da ilha em: http://www.greeka.com/cyclades/milos/milos-history.htm

Onde ficar em Milos

A dica é a pousada Tylemachos. Tudo muito limpo, com sala, quarto com duas camas, pia com louça, talheres e detergente. O casal de senhores dono da pousada são supersimpáticos.  Nos levaram gratuitamente para o porto de Adamas.

Por último mas não menos importante

Milos e as ilhas gregas de Mykonos e Santorini não são planas. Alguns trechos de estrada (sempre em boas condições, diga-se de passagem) são beirando a precipícios, se a memória não estiver me traindo, os piores acessos são para Paleohori e Firopotamos. O aluguel de carros aqui é diferente do Brasil, você não pega o carro com o tanque cheio. Então, você deve devolver o carro com a mesma quantidade de combustível que pegou. Vale a pena perguntar o quanto você deve abastecer. Esquecemos de fazer esta pergunta e compramos mais do que o necessário para rodar a ilha.

Viagem realizada em maio de 2012: sol, praias desertas e águas cristalinas.


Categorias: Destaques Europa Grécia Milos
Tags:

16 Comentários

  1. Verônica disse:

    Oi! ótimo blog.
    Existe transporte público sim, os ônibus saem de Adamas.
    Eu não dirijo e usei o ônibus em todas as ilhas que fui (Milos, creta, Santorini, Mykonos, Zakynthos e Cefalonia)é simples de boa qualidade.

  2. Vanessa disse:

    Oi Pat, parabens pelo blog e obrigado pelas dicas, vou seguir todas a risca porque foi o blog que realmente me ‘clareou as ideias’. Estou me batendo pra achar um acesso de Mykonos para Milos que seja barato, vc tem sugestao??
    Obrigada 🙂

    • Pat Alves disse:

      Vanessa,

      Pergunta difícil. Eu acho que não tem ferries diretos. Talvez tenha que escolher uma ilha no meio da duas para ficar ou voltar para Atenas.

  3. Priscilla Marinho disse:

    Boa tarde,
    Adorei o seu blog e fiquei numa dúvida: qual bairro em Milos que vc acha melhor para ficar, serão apenas dois per noites em Milos, mas estou muito na dúvida e uma pousada barata e com bom atendimento e o bairro.
    Se vc puder me dar essas dicas eu agradeço,
    Abraços,
    Priscilla.

    • Pat Alves disse:

      Oi, Priscilla!

      Ficamos em Adamas, próximo ao porto. Eu não tenho nada a reclamar dali. Gostei de Plaka, acho que deve ter um movimentozinho à noite, só não gostamos das ladeiras para chegar até lá. Vai ver que isso é só preocupação de mulher…

    • Pat Alves disse:

      Oi, Priscilla!

      Ficamos em Adamas, próximo ao porto. Eu não tenho nada a reclamar dali. Gostei de Plaka, acho que deve ter um movimentozinho à noite, só não gostamos das ladeiras para chegar até lá. Vai ver que isso é só preocupação de mulher… Eu acho que em qualquer um deles, você estará bem.

  4. Alexandra disse:

    Olá Pat, irei para Rhodes, Santorine, Milos, Mikonos e Atenas e família.Estou numa dúvida cruel:
    De Rhodes para Santorine:avião Chegando em santorine as 8:20
    De santorine para milos:ferry, só que o ferry só tem 18:30, ou seja terei que sair um dia antes para não perder um dia em milos.
    Ficarei apenas 2 dias e 1 noite em santorine em vez de 2 dias e 2 noites.
    De Milos para Mikonos: ferryChegando 15:25
    Veja se está bom:
    Rhodes: 2 1/2
    Santorine: 2 dias (chego 8:20 e vou embora no outro dia ás 18:30)
    milos: 2 dias
    Mikonos:2 dias
    Estou numa dúvida cruel, esse horário do ferry me enrolou. Irei com família em julho e já está vendendo os tickets para ferry e avião. Vc acha que devo comprar logo?
    Por favor me ajude! Obrigada

    • Pat Alves disse:

      Alexandra,

      Espere mais um pouco. Quando eu comecei a planejar, falaram para eu esperar uns 3 meses antes da viagem, pois liberam mais horários. Espere mais um pouco. De repente, você acha um horário melhor de ferries e se Deus quiser, o dólar/euro abaixem.

  5. Karine disse:

    Adorei seu blog, gostaria muito de uma ajuda, onde é melhor ficar?Adamas ou Plaka?de toda forma alugaremos um carro, mas gostaria de um lugar próximo a restaurantes, onde tivesse uma noite legal, mas ao mesmo tempo um local tranquilo.O que acha?

  6. Fabiana Martiz disse:

    Olá Paty td bem com vc.

    Adorei seu blog sensacional, estou indo para a Grécia dia 16 de agosto atenas, Milos, Santorini, Mikonos, 3 dias em cada lugar, gostaria de dicas de restaurante de compras e de quanto levar de dinheiro e de passeio.

    Ficaria grata se puder me ajudar

    um beijo

    Faby

  7. Felipe Alvim disse:

    Olá Pat ! Parabéns pelo Blog ! Ficou muito bem organizado e bacana !
    Meu nome é Felipe Alvim, sou apaixonado pela Grécia, o ano passado estive em Atenas, Olympia, Epidauros, Meteora, Delfos, Mycenas e nas ilhas Jônicas, como Zakynthos, Corfu, Kefalônia, Ithaca e Lefkada.
    Agora dia 10/06/2013 vou á Milos, Santorini, Mykonos e Rodes.
    Gostaria de uma ajuda sua por favor, estou um pouco preocupado em Milos, pois pretendo conhecer as belas praias, como Tsigrado, Sarakiniko, Papafragas, etc., e vou alugar um carro, li o seu depoimento, é fácil abastecer o carro em Milos ? Os postos de gasolina funcionam como no Brasil com frentistas ?
    Vou ficar em Adamas, será que por lá encontro algum posto e eles
    falam inglês ? As estradas são bem sinalizadas ? Quanto pagou pelo
    aluguel do carro ?
    Desculpe por tantas perguntas, mas eu quero chegar por lá bem informado.
    Muito obrigado, se precisar de alguma coisa aqui em Belo Horizonte,
    conte comigo ! Suas informaçòes serão valiosas.
    Grande abraço !
    Felipe Alvim

    • Pat Alves disse:

      Oi, Felipe!

      Nós abastecemos uma única vez num posto que fica em um ponto estratégico. Quando você alugar o carro ou o ATV, peça ao responsável pela locadora de veículos mostrar no mapa a localização do posto de gasolina. Também não deixe de perguntar quanto você deve abastecer para rodar a ilha. Os postos de gasolina lá tem frentistas e falam inglês. Os gregos devem ter consciência que a língua deles é difícil por isso todos os que eu encontrei (bom, não foi tanta gente assim!) sabiam falar inglês.

      Olha, quanto a sinalização, achei bem sinalizado. O mapa da ilha também ajuda. Fica fácil saber em qual praia estamos. Não é assim padrão EUA mas não dá para se perder. Se você já leu um pouquinho das minhas andanças sabe que eu sou péssima neste negócio de me localizar. O único lugar que não achamos logo de cara foi Hivadolimi. Esta achamos sem querer.

      Não tem problema algum em perguntar. Ajudar faz relembrar a viagem e já deu saudades da Grécia. Tudo bem que eu acabei só conhecendo praia e deixei a História para Atenas (o que fez uma amiga querer me matar hahahahaha) mas espero voltar para conhecer Meteora e Corfu.

      Um abraço,

      Pat

  8. Maiari Peres de Freitas disse:

    Achei muito interessante e bem ilustrativo seu Blog. Parabéns.

Deixe seu comentário