Hospedagem

4 março 2012

Hora de escolher onde ficar: pousadas, hotéis, casa de amigos ou albergues?

É possível encontrar todos os tipos em destinos com boa infra-estrutura. Em algumas cidades menores e destinos mais rústicos, as opções de hospedagem são mais escassas. Outro fator importante é o período que você vai. Se for em alta temporada, as diárias são mais caras e provavelmente, ainda mais se o destino for badalado, é necessário fazer a reserva com antecedência. Vamos analisar as opções:

Casa de parentes/amigos

A opção mais econômica porém amizades podem acabar por aqui dependendo de como for o período de sua estadia.  Por que eu falo isso?  Já cansei de ouvir reclamações de amigos que tem casa de praia que quando chega a época do verão, os parentes passam dias lá, aumentandos os gastos com luz, água e alimentação e não se oferecem nem para comprar um pão! Se for ficar na casa de parentes/amigos, seja razoável e ofereça-se para ajudar nas despesas na casa.  É quase certo você ouvir um não mas esteja preparado para ouvir um “sim”.  Caso a resposta seja “não”, faça um agrado como por exemplo, leve os parentes/amigos para jantar ou passear num lugar que eles não conhecem (isto é fato quando somos moradores.  Os turistas conhecem mais coisas do que nós. 🙂 )  É uma forma gentil de agradecimento.

Albergues

Se não se incomoda em dividir quarto com estranhos, se está viajando sozinho e quer fazer novas amizades, se o orçamento está curto, dormir em albergues é uma boa opção.   Desfaça a velha imagem de que albergue é bagunçado e de que só há jovens mochileiros.  Os albergues recebem pessoas de todas as idades e boa parte deles está preparado para receber casais e famílias.  Alguns diga-se de passagem melhores do muitos hotéis por aí.

Caso pretenda ficar em albergue, avalie se vale a pena fazer a carteira de alberguista, obtendo desconto na diária.  A lista de albergues do Brasil filiados à rede HI (Hostelling International) está no site.  No Exterior, há uma infinidade de albergues (hostels) independentes, tão bons ou melhores que os da rede HI.

Dependendo do destino e da época, seja necessário efetuar a reserva. Um excelente site para reserva em albergues é o Hostelworld.  Já usei no mochilão para Europa em 2009. Deu tudo certo. Para reservar será descontado 10% no cartão de crédito.  Leia a opinião dos usuários e veja o ranking dos hostels do lugar que visitará.

Pousadas

Possuem infra-estrutura mais simples porém o clima é mais acolhedor que os dos hotéis.  No Brasil, as pousadas apresentam números modestos com relação a número de quartos e dimensões além de serem administradas de modo familiar.  Cada vez mais adquirem serviços que antes eram próprios de hotéis.

Hotéis

Tem maior infra-estrutura e uma série de serviços como piscina, sauna, estacionamento, refeições, serviços de transporte, etc. Os hotéis são classificados de uma a cinco estrelas, de acordo com os serviços, conforto e luxo oferecidos.  Neste caso, o atendimento é personalizado.

O preço da diária de hotéis não está relacionado apenas ao tamanho do empreendimento e sua localização. Considera-se também os serviços complementares, o conforto e o charme. O diferencial é o que faz valer. Pousadas como a Maravilha e a do Toque são mais caras que muitos hotéis pelo país afora.

O conceito de hotel está cada vez mais amplo: há os hotéis-boutique, hotéis-fazenda, hotéis-spa, os resorts. Certamente, encontrará um que encaixe no seu perfil.

Dicas de pesquisas sobre hospedagem

  • Peça opiniões de amigos e familiares.  Um site muito útil e com bastante credibilidade sobre resenha de hotéis é o Trip Advisor. Analise com critério as opiniões. De acordo com a nota dos usuários, é feito um ranking de hotéis e outro de pousadas. Além disso, o Trip Advisor é sincronizado com o Booking.com,  Hoteis.com, Venere.com e outros onde você coloca o período da viagem e o local, e obtém o resultado dos valores das diárias.
  • Eu faço a reserva de hotéis e pousadas utilizando os agregadores  Booking.com e Hoteis.com. Pode estar mais barato do negociar diretamente.  Alguns hotéis também cobram antecipadamente uma diária como garantia de reserva ou às vezes até 50% da estadia.  O Booking tem a vantagem de você efetuar a reserva sem precisa pagar antes.  Verifique se há o termo “cancelável”. Em outras vezes, há valores atraentes de diária mas para isso é necessário pagar toda a estadia com antecedência. Aí estará escrito “não reembolsável”.
  • Em baixa temporada, pode encontrar tarifas mais baixas no local se não efetuar a reserva.
  • Alguns hotéis oferecem traslado da rodoviária e do aeroporto. Confira.
  • Se você não consegue ficar desplugado, confirme se o hotel tem internet no quarto e se é wifi  ou não. Caso não seja, pergunte ao hotel se o mesmo fornece o cabo.
  • Experiência própria: pergunte sobre a periodicidade de troca das toalhas, a tensão das tomadas e existência de ar condicionado/aquecedor, frigobar e secador de cabelos.
  • É difícil encontrar aqui no Brasil mas não custa perguntar se o quarto é acarpetado.  Importante para quem é ou viaja com pessoas alérgicas.

Próximo passo:Calculando os custos da viagem

Passo anterior: Como chegar lá: os deslocamentos