Documentos para viajar

4 março 2012

Verifique se possui a documentação necessária para conhecer o seu destino. Se a viagem for nacional, tenha em mãos o documento de identidade (RG, CNH, OAB, CREA, etc.) Se a viagem for internacional, verifique a exigência de passaporte e visto.

Passaporte

Passaporte é um documento obrigatório para entrada de estrangeiros em um país.  No Brasil, tem validade de cinco anos (exceto para crianças menores de 4 anos) e pode ser solicitado no site da Polícia Federal.

Cuidados com o passaporte

O passaporte brasileiro é um dos mais visados no Exterior.  Por quê? porque qualquer um pode ser brasileiro, não há um biotipo físico. Tenha sempre cópia online da folha de rosto do passaporte em seu e-mail e uma cópia colorida impressa e plastificada em mãos.  Serve para usá-la em caso de aluguéis de equipamentos como por exemplo, snorkel.  Assim você não precisa deixar o original.

Visto

O visto é uma permissão de entrada de estrangeiros em um país por um período limitado de tempo e para uma determinada finalidade. Há vários tipos de visto como o de turismo, o de trabalho, de negócios, de estudante, de trânsito, etc.  O visto de turista tem prazo limitado e é destinada para aqueles que estão viajando a lazer. Então, se um estrangeiro com visto de turista trabalhar, é considerado ilegal pois não tem autorização para isso. Cada país tem suas regras para emissão do documento.  Em geral, é emitido na embaixada ou consulado do país. Após a emissão é anexado ao passaporte.

Visto

Saúde do viajante: Carteira Internacional de Vacinação

Há regiões do Brasil onde é recomendável a vacinação contra determinadas doenças.  Há países onde é exigido o comprovante de vacinação.  Um exemplo é a vacina contra a febre amarela. Países como Peru, Venezuela, Bolívia só permitem a entrada mediante a carteira internacional de vacinação.  A emissão da CIV é na ANVISA em alguns aeroportos internacionais como o do Galeão (GIG).

No Rio de Janeiro, a UFRJ tem um Centro de Informação em Saúde para Viajantes, o CIVES.  Bastar agendar a entrevista e o médico o orientará com relação a quais vacinas tomar e outras medidas de prevenção.

Maiores informações sobre vacinação no site da Anvisa e no site da OMS, há uma lista atualizada dos países com risco de transmissão de febre amarela.

Seguro-saúde

Importante para nos prevenir de infortúnios durante a viagem, principalmente em casos de viagem ao exterior. Já pensou em quebrar um braço durante sua viagem? Um dor de dente? Está preparado financeiramente para gastar os tubos com as despesas médicas lá fora? A gente sempre pensa que nada de ruim nos acontecerá.  Às vezes, nos enganamos.

No planejamento de sua viagem, sempre inclua os gastos com seguro-saúde que ofereça cobertura médica e odontológica. É uma forma de viajar com tranquilidade e segurança, preparando-se para imprevistos.  E esteja certo que imprevistos acontecem.

Algumas operadoras de cartões de crédito oferecem seguro-saúde quando o usuário compra a passagem aérea com o cartão VISA Gold ou Platinum.  Informe-se.

O seguro-saúde é obrigatório em alguns casos como por exemplo os países da Europa que fazem parte do Acordo Schengen.

 Dica importante: tenha cópias online (no seu e-mail) da folha de rosto do passaporte, do visto e de outros documentos importantes. Se perder os documentos ou for roubado, será mais fácil com as cópias,   solicitar nova emissão junto a Embaixada.

Documentos para quem vai viajar de carro

Se você decidiu viajar de carro, tenha em mãos a CNH e dependendo do país, a carteira de habilitação internacional.

Fontes de consulta

http://www.brasil.gov.br/sobre/turismo/documentacao
http://www.grupoalc.com.br/visto_oquee.htm