O blog

11 janeiro 2009

O blog é para falar dos preparativos e da viagem em si. Não tenho a intenção de fazê-lo mais um blog sobre dicas de viagens. Já tem ótimos blogs por aí.  Eu gosto de escrever e achei que seria uma ótima maneira para diminuir a ansiedade, possíveis sentimentos de saudades e solidão durante a viagem e também um meio de compartilhá-la com quem ficou no Brasil. Com a prerrogativa de ter muitos mais detalhes que uma conversa telefônica possa oferecer. Quem me conhece, sabe eu escrevo muito.  Embora saibam também que não há garantias de boa qualidade.

O nome do blog

Na minha cabeça haviam dois nomes: Com destino ou Parada Obrigatória. Nomes já escolhidos. Difícil associar o nome ao tema viagem. Até que surgiu a idéia da frase “o mundo aos seus pés”.  Veja bem, acho que ficou muito apropriado.  Há pouco tempo eu não sabia o quão bom é viajar. Conhecer lugares, pessoas e costumes diferentes é edificante. Gratificante. Experiências difíceis de esquecer. Daí a gente percebe que para se sentir bem não se precisa de muita coisa.

Bom sair da rotina, esquecer do trabalho um pouco por mais workaholic que você seja.  Faz bem para alma. Eu não sabia disso até então. Achava que era coisa para privilegiados.  Viagem? Pensava que só se fosse a serviço, porque dinheiro das férias invariavelmente era para pagar contas. Até que um dia eu finalmente consegui viajar nas férias, não voltei endividada e achei ótimo! Daí eu pensei: “Caramba, quanta coisa eu já podia ter conhecido! Onde raios eu estava com a cabeça que deixei passar este tempo todo? Um mundo inteiro disponível e eu aqui no meu quarto.

Um mundo inteiro aos meus, aos seus e aos nossos pés.  

Cabe a nós imbuirmos do espírito aventureiro e sair por aí, em busca de descobertas.

Três anos de blog!

O blog é o meu xodó. Depois que eu voltei da Europa não parei mais. Realmente, viajar vicia.  Eu acabei ficando conhecida entre os amigos como a-garota-que-viaja.  Sempre tem alguém pergunta: “Pat, quantos dias naquele lugar?”, “Você gostou de Fortaleza?”, “O que você foi fazer na Bolívia?!” Então, o blog passou o cantinho das minhas dicas. Assim, não preciso repetir n vezes sobre o que eu achei daquele destino. Entretanto, continua sendo uma espécie de diário  de bordo.. Isto significa que neste canto às vezes exponho minhas opiniões, reclamo horrores, exagero às vezes, escrevo um monte de abrobrinhas…. Não procuro ser politicamente correta.

Enfim, para ajudar aos amigos, não ficando enfadonho para quem lê, criei a série “Destaques”. Ali está um resumão de dicas do lugar desejado (resumão é modo de dizer porque eu escrevo demais!).  Confesso que dá um trabalhão fazer pois toma muito tempo mas é tão satisfatório!  Valerá a pena todo o esforço se de alguma forma eu conseguir ajudá-los. Espero que ajude a vocês também.

Um abraço,

Pat E. Alves